12/08/2019

USMLE: RESIDNCIA MDICA NOS EUA

Muitos médicos hoje em dia desejam revalidar o diploma nos Estados Unidos por diversos motivos, desde fazer uma especialização ou residência médica, entretanto pouco se escuta falar sobre essas possibilidades e o motivo é simples: é preciso diligência e dedicação para os médicos que pretendem cursar residência nos EUA. O processo é longo, pesado e difícil, porém viável àqueles que sonham em trilhar este caminho, por isso, se este é o seu caso, ou se você está apenas curioso sobre o processo, fica ligado! 

O USMLE, United States Medical Licensing Examination, é um ponto fundamental no processo e trata-se de um conjunto de provas que os estudantes de medicina que querem exercer a profissão nos Estados Unidos devem prestar. Todos os médicos recém-formados em universidades americanas devem ter prestado as provas do USMLE e tirado uma pontuação mínima para poderem entrar em um programa de residência e/ou poderem atuar como médicos. Além disso, a prova é obrigatória para todos os estrangeiros que pretendem revalidar o diploma médico nos EUA. Quer conhecer mais sobre esta certificação? Confira:

 

O que é o USMLE e como é sua estrutura?

A sigla USMLE significa United States Medical Licensing Examination ("Exame de Licença Médica dos Estados Unidos") e representa um conjunto de provas (chamadas de "Steps") obrigatórias para o exercício da medicina nos EUA. Essas provas têm como objetivo avaliar o conhecimento, as habilidades, a capacidade de raciocínio e interação adquiridos durante a formação médica. Apenas os médicos que obtiverem uma nota considerada satisfatórias nos exames poderão exercer sua profissão em território americano. A fim de melhor examinar esses quesitos, o USMLE é dividido em alguns steps:

 

USMLE Step 1:  Tem como conteúdo as matérias conhecidas como "básicas", semelhantes ao primeiro ano do curso aqui no Brasil,  como é o caso de Bioquímica, Epidemiologia, Fisiologia, Patologia, Anatomia, Microbiologia, entre outros. O step 1 tem duração de, aproximadamente, 8 horas e de acordo com o site do USMLE, “o número de perguntas por bloco pode variar, mas não excederá 40. Quanto ao número total de itens do exame, não será superior a 280”.

USMLE Step 2:  Tem como foco avaliar o domínio do candidato em relação aos conhecimentos e habilidades clínicas considerados essenciais para a prática médica e, por isso, é dividido em mais duas seções: o Step 2 CK (Clinical Knowledge), que é composto por um máximo de 308 questões de múltipla escolha, administradas ao longo de  9 horas de prova - bastante semelhante às provas de residência do Brasil; e o Step 2 CS (Clinical Skills), que é uma parte prática da prova, com tarefas que simulam situações reais.

 

Neste caso, o Step 1 e o Step 2 CK podem ser realizados em centros de testes localizados no país de origem em centros especializados, como é o caso do Globeducar em parceria com a ABA e o Prometric. Já o Step 2 CS podem ser realizados apenas em centros dos EUA. 

 

COMO SE INSCREVER NO USMLE?

O primeiro passo neste processo ocorre juntamente ao Educational Commission for Foreign Medical Graduates (ECFMG), onde deve se cadastrar através do site a fim de comprovar seus dados e credenciais de onde estudou por exemplo. A partir de 2023 é possível que o processo seja ainda mais rigoroso, uma vez que  só poderão fazer a prova na Comissão Educacional para Médicos Graduados no Exterior, o United States Medical Licensing Examination (USMLE), realizar estágios ou trabalhar nos serviços de saúde americanos profissionais graduados em escolas credenciadas na Federação Mundial para Educação Médica. É válido ressaltar que se a regra estivesse valendo hoje nos EUA, somente egressos de 32 instituições do Brasil teriam requisitos para fazer a prova.

Vencido essa parte, as inscrições são feitas através do mesmo site para cada Step. Aí vem a primeira taxa, só após o pagamento, o interessado receberá a lista de documentos que serão encaminhados para candidatura. Os interessados devem ficar atentos para não cometerem erros na documentação, porque pode significar praticamente um mês perdido. Todos os papeis são encaminhados via Sedex ou FedEx aos EUA. No site oficial do USMLE, há links e formulários que direcionam para os sites de inscrição e também fornece links especiais para estrangeiros que pretendem realizar as provas. Para acessar, clique aqui e confira mais informações.

 

FONTE: Adpatado de USMLE.org, ECFMG.org e Associação de Médicos Brasileiros